AGROBALSAS 2022 – “Evento é grande parceiro da agrodefesa maranhense”

Por Published On: abril 16, 2022Categorias: AGROBALSAS, Tips & Tricks

A AGED sempre tem no evento uma grande oportunidade para levar ações educativas sobre a sanidade animal e vegetal.

Para que as proteínas animal e vegetal cheguem à mesa do consumidor, um complexo trabalho de campo e de laboratórios é desenvolvido pela autoridade de agrodefesa dos estados e da União. Agrônomos, veterinários, zootecnistas e técnicos agrícolas trabalham intensamente para que a carne bovina, o frango, a carne suína, o peixe, o leite, o arroz, o feijão, entre outros alimentos de origem vegetal e animal cheguem saudáveis, livres de doenças e pragas que podem afetar a saúde humana, além de comprometer a saúde animal e vegetal no campo.

No Maranhão, este trabalho está a cargo da Agência de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED).

Graças a ela e aos produtores rurais conscientes, por exemplo, o estado não registra foco de aftosa desde 2001; a soja, plantada principalmente no Cerrado maranhense, pouco sofre – e, em certos casos, nunca sofreu com pragas e doenças que têm atacado lavouras de outros estados.

Na região de Balsas, este trabalho de agrodefesa sempre contou com a parceria da Fundação de Apoio à Pesquisa do Corredor de Exportação Norte (Fapcen), principalmente por meio do AGROBALSAS, evento de tecnologias dos agronegócios promovido anualmente pela entidade. De acordo com Karlos Yuri Fernandes Pedrosa, agente fiscal agropecuário estadual e chefe da unidade da unidade da AGED em Balsas, “o AGROBALSAS, é o maior evento de agronegócio do Maranhão e, por isto, a gente precisa levar informação ao público, com segurança, com responsabilidade e desconstruir as informações equivocadas que chegam até a sociedade que, em certos casos, sequer sabe do papel da agência, do que ela realiza para o bem estar da sociedade e na geração de empregos, renda e segurança de saúde da população e da sanidade animal e vegetal, melhoria do agronegócio não só da região, mas de todo o estado do Maranhão. Nesta oportunidade, a gente procura ter a sociedade e os produtores como parceiros deste processo, da cidade à ponta da zona rural”, disse o técnico da AGED.

Ainda por meio do AGROBALSAS, conforme Karlos Yuri, o evento “é muito importante porque a gente tem a grande oportunidade de desfazer mitos que preocupam leigos por desconhecimento das doenças e pragas a que estão sujeito os vegetais e os animais e dos riscos que isto podem trazer para o ser humano.

 

Na região de Balsas, conforme dados da AGED, o rebanho bovino cresceu, nos últimos 3 anos, entre 15% e 20%. O município de Balsas, por exemplo, tinha um rebanho de 88 mil cabeças de gado e, atualmente, está com 105 mil cabeças. Crescimento que o técnico atribui ao interesse cada vez maior do produtor rural ao sistema ILP (Integração Lavoura-Pecuária). “É o que os produtores de grãos, principalmente, chamam de terceira safra”. Ou seja, o gado apresenta-se como uma terceira fonte de renda na propriedade. “Como consequência desta alternativa que está sendo introduzida no Cerrado do Maranhão, o AGROBALSAS terá um incremento muito grande”, diz.

Leilão

Um grande acréscimo que o AGROBALSAS terá neste ano, conforme Karlos Yuri, é o leilão que será realizado dois dias antes da abertura oficial da feira – dia 14. “A expectativa é que sejam comercializados mil animais, desde o P.O. (Pura Origem), ao rebanho geral, animais com boa genética que vão proporcionar um ganho genético muito grande nas propriedades da região”, frisa o técnico.

Imprescindível, neste tipo de movimentação comercial de animais é a presença técnica da AGED. “Nosso papel é garantir que os animais adentrem ao evento de forma segura, com todo processo legal, no que diz respeito a sanidade animal, rastreabilidade do trânsito. Isto porque quando a gente fala em febre aftosa, o maior risco está no trânsito de animais, o vírus circula desde a propriedade até chegar ao que chamamos de ponto de risco, que é onde se tem uma aglomeração muito grande de animais para que o produtor possa adquirir esses animais na certeza de que estão adquirindo um animal seguro, sanitariamente, e que possa levar para a sua propriedade e que atenda as suas expectativas no ganho genético que ele espera”.

Paralelo a este trabalho de fiscalização, ainda conforme Karlos Yuri, a agência faz ações educativas e garante a possibilidade cada vez mais próxima de o Maranhão ser livre de aftosa sem vacinação.

Serviço

A 18ª edição do AGROBALSAS acontecerá entre os dias, 16 e 20 de maio de 2022, na Fazenda Sol Nascente, localizada na cidade de Balsas (MA). Desde sua primeira edição, o evento é realizado com o apoio do Governo do Maranhão e Prefeitura Municipal de Balsas-MA.

 

Texto: Antônio Oliveira

Compartilhe, Escolha a Sua Plataforma!